Arquivo | TAQUARA RSS feed for this section

CAGADAS SENTIMENTAIS – 2º CAPÍTULO – PARTE 2

29 jun



Simples e Objetivo_Pra quem não acompanhou ou não está com a memória fresca (ui!), aqui vão alguns link’s essenciais:

CAGADAS #1

Fininhas 2

CAGADAS #2 pt.1

……A inricrete chega então na casa de Felpis, onde estão Elis, Felpis e Milla ainda desacordada. A inricrete pede então para ficar a sós com Milla. Felpis e Elis se dirigem à sala e ligam a Tv. No telejornal, eles assistem à notícia:

E até agora não foi encontrada nenhuma informação a respeito do paradeiro das três integrantes do grupo de brega Baladeiraz. As três estão sendo procuradas porque um vídeo exibido essa tarde no Programa Ênio Carlos denunciou que elas usaram e arrancaram com as próprias mãos peles de poodles para confeccionar seu último Cd. Todos os materiais relativos da marca Baladeiraz foram retirados do comércio. Nessa tarde, a loja oficial das bregastars foi apedrejada e seus produtos queimados pelos antigos fãs. Os conteúdos na internet também foram proibidos, e já classificados como “dalit-content” no mundo virtual. O empresário do trio, identificado apenas como “RONALDO” também está desaparecido.

ELIS (surpreendido) – Cara, sequestrar a Milla ainda não é um bom negócio para nós. Se descobrirem que estamos com ela, seremos linxados!

FELPIS – Então vamos dar o fora daqui e deixar a inricrete aí com ela.

INRICRETE (saindo do quarto) – Pronto garotos, acho que em instantes ela vai acordar.

ELIS – O que

você fez?

INRICRETE – Desculpe, mas não sou autorizada a dizer isso. Ah propósito, me arruma um pouco de nesconha Felpis?

FELPIS – Ta tá! Ei, acho que ela acordou!! – Os três entram no quarto onde Milla está.

MILLA (tonta) – Hã? Quem são vocês? O que estou fazendo aqui?

ELIS – Voc..

INRICRETE – Psiu…Você é Millá… e você é uma Inricrete! Seu mestre é o…

ELIS – Nossa cara, to com medo disso. Vo sair daqui cara.

MILLA – O.O

FELPIS – Ela perdeu a memória? Porque você está fazendo isso?

INRICRETE – Sim, sim …parece que ela bateu a cabeça no chão e isso afetou o cérebro dela. E porque eu faço isso? Ora, como você acha que uma pessoa se torna seguidora do Inricristo?

FELPIS – Tá bom inricrete, pode levar a millÁ, depois eu mando a sua nesconha da semana ok?

INRICRETE – Tudo bem Felpis, muito obrigado pela doação da nova discípula, meu mestre vai ficar muito feliz em saber que não precisamos gastar dinheiro para aumentar sua congregação dessa vez.

Depois de muito tempo de viagem, finalmente Ju e Carlitos chegam em PANZEPIMBLAND. Carlitos, antes de chegar em sua casa, vai dizendo a Ju:

– Olhe fia, você não estranhe e nem fique com pena do meu tratamento com minha mulher não viu?

JU – Sim senhor.

CARLITOS – E até que você ficou bunitinha com esse cabelo amarrado e esse bigodin.

JU – Obrigada.

Da casa de Carlitos, sua mulher, Dani, avista seu caminhão e garota que está do lado de seu marido.

DANI – EEEEEEEEEEEEEEEEI seu Fi duma égua!! Cê ta louco hômi?

Carlitos freia o caminhão assustado e sai do carro dizendo:

– Se acalme meu amorzinho! Ela é só a nova empregada da gente, vai trabalhar de graça pra nóis!

DANI (pegando Carlitos pega gola e levantando ele até sua cabeça) – Depois você vai me explicar isso bem direitinho.

TRANSEUNTES ieeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeei!

DANI – E você menina? É empregada mesmo?

JU – Sou sim moça, pode confiar, não tenho nada com seu marido não?

DANI (rabiçaca) – Rum… Pois vá lá na cozinha e comece a fazer a janta.

JU – Sim, senhora!

CARLITOS – Você pode me por no chão amozinho? – E Dani faz isso.

Ju, ao entrar na casa de Carlitos, uma residência de pau-a-pique com o chão barrento, dá de cara com uma cesta e uma criatura monstruosa dentro dela.

JU – AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH

Carlitos e Dani correm para dentro da casa para o ver o que houve.

DANI – Você está ficando louca menina? O que houve?

CARLITOS (pigarreando para engrossar a voz) – Você está ficando louca menina? O que houve?

JU – Tem uma cesta na cozinha de vocês… Lá dentro tem uma coisa…um bicho sei lá!

CARLITOS – Um bicho??

DANI – Que bicho? Vou lá vê que diabéisso!

Dani vai até a cozinha e vê a cesta com a criatura dentro. Ju e Carlitos vão atrás dela. Ao se aproximar da cesta, Dani se assusta e volta dizendo:

– Você, empregada! Vá lá o que é que tem lá dentro! Vá! É pra isso que você serve!

JU – Eu?? – Dani empurra Ju para perto da cesta.

JU – Ai Meu Deus! Ai que bicho horrível!! Sei lá …Parece um filhote de algum animal!! Olha, tem um bilhete aqui!

DANI – Pega ele menina! Lê! Você sabe lê?

JU (pegando o bilhete com a mão trêmula) – Sei sim dona, aqui tem um nome eu acho: Be-Be-Be beiJUSSmin Bunton!???

Após a saída da inricrete e Milla da casa de Felpis, ele e Elis decidem ligar para a polícia e denunciar o paradeiro de Milla para ganhar a recompensa que estão oferecendo.

ELIS – Pronto cara, já liguei para a polícia. Agora é só esperar que já eles vem por aqui. – De repente, um barulho de moto e o som da sirene da polícia e da campainha tocam.

FELPIS – Já?

ELIS – Já sim, vamos lá cara! Vai que são as cops gostosas!!

FELIPIS – Eita Diacho!

Felpis e Elis vão recepcionar as cops, mas, quando estão indo em direção à porta e passando pelo alpendre, Maraláine e Alice arrombam a porta e apontam a arma para eles!

MARALÁINE – Parados aí vocês dois!

ELIS – Que foi? Sadomasoquismo?

FELPIS – Eita Diacho!

ALICE – Nada disso seus gaiacthenhos! Vocês devem vir conosco, e explicar como esse Crossfox pertencente á coleção da Stefhany veio parar aqui!

De repente, se ouve um tiro vindo por trás do muro da casa. O tiro atinge Elis por trás. Ele imediatamente morre e cai na piscina de Felpis.

FELPIS – NA MINHA PISCINA NÃÃÃÃAAAAAAAAAAAAAAO!

TO BE CONTINUED...

Anúncios