Arquivo | cagadas sentimentais RSS feed for this section

CAGADAS SENTIMENTAIS – 2º CAPÍTULO – PARTE 2

29 jun



Simples e Objetivo_Pra quem não acompanhou ou não está com a memória fresca (ui!), aqui vão alguns link’s essenciais:

CAGADAS #1

Fininhas 2

CAGADAS #2 pt.1

……A inricrete chega então na casa de Felpis, onde estão Elis, Felpis e Milla ainda desacordada. A inricrete pede então para ficar a sós com Milla. Felpis e Elis se dirigem à sala e ligam a Tv. No telejornal, eles assistem à notícia:

E até agora não foi encontrada nenhuma informação a respeito do paradeiro das três integrantes do grupo de brega Baladeiraz. As três estão sendo procuradas porque um vídeo exibido essa tarde no Programa Ênio Carlos denunciou que elas usaram e arrancaram com as próprias mãos peles de poodles para confeccionar seu último Cd. Todos os materiais relativos da marca Baladeiraz foram retirados do comércio. Nessa tarde, a loja oficial das bregastars foi apedrejada e seus produtos queimados pelos antigos fãs. Os conteúdos na internet também foram proibidos, e já classificados como “dalit-content” no mundo virtual. O empresário do trio, identificado apenas como “RONALDO” também está desaparecido.

ELIS (surpreendido) – Cara, sequestrar a Milla ainda não é um bom negócio para nós. Se descobrirem que estamos com ela, seremos linxados!

FELPIS – Então vamos dar o fora daqui e deixar a inricrete aí com ela.

INRICRETE (saindo do quarto) – Pronto garotos, acho que em instantes ela vai acordar.

ELIS – O que

você fez?

INRICRETE – Desculpe, mas não sou autorizada a dizer isso. Ah propósito, me arruma um pouco de nesconha Felpis?

FELPIS – Ta tá! Ei, acho que ela acordou!! – Os três entram no quarto onde Milla está.

MILLA (tonta) – Hã? Quem são vocês? O que estou fazendo aqui?

ELIS – Voc..

INRICRETE – Psiu…Você é Millá… e você é uma Inricrete! Seu mestre é o…

ELIS – Nossa cara, to com medo disso. Vo sair daqui cara.

MILLA – O.O

FELPIS – Ela perdeu a memória? Porque você está fazendo isso?

INRICRETE – Sim, sim …parece que ela bateu a cabeça no chão e isso afetou o cérebro dela. E porque eu faço isso? Ora, como você acha que uma pessoa se torna seguidora do Inricristo?

FELPIS – Tá bom inricrete, pode levar a millÁ, depois eu mando a sua nesconha da semana ok?

INRICRETE – Tudo bem Felpis, muito obrigado pela doação da nova discípula, meu mestre vai ficar muito feliz em saber que não precisamos gastar dinheiro para aumentar sua congregação dessa vez.

Depois de muito tempo de viagem, finalmente Ju e Carlitos chegam em PANZEPIMBLAND. Carlitos, antes de chegar em sua casa, vai dizendo a Ju:

– Olhe fia, você não estranhe e nem fique com pena do meu tratamento com minha mulher não viu?

JU – Sim senhor.

CARLITOS – E até que você ficou bunitinha com esse cabelo amarrado e esse bigodin.

JU – Obrigada.

Da casa de Carlitos, sua mulher, Dani, avista seu caminhão e garota que está do lado de seu marido.

DANI – EEEEEEEEEEEEEEEEI seu Fi duma égua!! Cê ta louco hômi?

Carlitos freia o caminhão assustado e sai do carro dizendo:

– Se acalme meu amorzinho! Ela é só a nova empregada da gente, vai trabalhar de graça pra nóis!

DANI (pegando Carlitos pega gola e levantando ele até sua cabeça) – Depois você vai me explicar isso bem direitinho.

TRANSEUNTES ieeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeei!

DANI – E você menina? É empregada mesmo?

JU – Sou sim moça, pode confiar, não tenho nada com seu marido não?

DANI (rabiçaca) – Rum… Pois vá lá na cozinha e comece a fazer a janta.

JU – Sim, senhora!

CARLITOS – Você pode me por no chão amozinho? – E Dani faz isso.

Ju, ao entrar na casa de Carlitos, uma residência de pau-a-pique com o chão barrento, dá de cara com uma cesta e uma criatura monstruosa dentro dela.

JU – AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH

Carlitos e Dani correm para dentro da casa para o ver o que houve.

DANI – Você está ficando louca menina? O que houve?

CARLITOS (pigarreando para engrossar a voz) – Você está ficando louca menina? O que houve?

JU – Tem uma cesta na cozinha de vocês… Lá dentro tem uma coisa…um bicho sei lá!

CARLITOS – Um bicho??

DANI – Que bicho? Vou lá vê que diabéisso!

Dani vai até a cozinha e vê a cesta com a criatura dentro. Ju e Carlitos vão atrás dela. Ao se aproximar da cesta, Dani se assusta e volta dizendo:

– Você, empregada! Vá lá o que é que tem lá dentro! Vá! É pra isso que você serve!

JU – Eu?? – Dani empurra Ju para perto da cesta.

JU – Ai Meu Deus! Ai que bicho horrível!! Sei lá …Parece um filhote de algum animal!! Olha, tem um bilhete aqui!

DANI – Pega ele menina! Lê! Você sabe lê?

JU (pegando o bilhete com a mão trêmula) – Sei sim dona, aqui tem um nome eu acho: Be-Be-Be beiJUSSmin Bunton!???

Após a saída da inricrete e Milla da casa de Felpis, ele e Elis decidem ligar para a polícia e denunciar o paradeiro de Milla para ganhar a recompensa que estão oferecendo.

ELIS – Pronto cara, já liguei para a polícia. Agora é só esperar que já eles vem por aqui. – De repente, um barulho de moto e o som da sirene da polícia e da campainha tocam.

FELPIS – Já?

ELIS – Já sim, vamos lá cara! Vai que são as cops gostosas!!

FELIPIS – Eita Diacho!

Felpis e Elis vão recepcionar as cops, mas, quando estão indo em direção à porta e passando pelo alpendre, Maraláine e Alice arrombam a porta e apontam a arma para eles!

MARALÁINE – Parados aí vocês dois!

ELIS – Que foi? Sadomasoquismo?

FELPIS – Eita Diacho!

ALICE – Nada disso seus gaiacthenhos! Vocês devem vir conosco, e explicar como esse Crossfox pertencente á coleção da Stefhany veio parar aqui!

De repente, se ouve um tiro vindo por trás do muro da casa. O tiro atinge Elis por trás. Ele imediatamente morre e cai na piscina de Felpis.

FELPIS – NA MINHA PISCINA NÃÃÃÃAAAAAAAAAAAAAAO!

TO BE CONTINUED...

CAGADAS SENTIMENTAIS – 1º CAPÍTULO

9 jun


*Antes que você ache que não vai entender naaada, da uma olhada no fininhas antes: http://panzepimblog.blogspot.com/2009/06/pre-cagadas-fininhasss-para.html ^^

Mais uma tarde de domingo na sociedade brasileira e o programa Ênio Carlos se inicia para entreter as famílias tupiniquins!
ÊNIO – Boa Tarde Brasil!!! Hoje nosso programa está especial, pois teremos a participação pela terceira vez consecutiva o maior fenômeno do tecnobrega depois de Stefhanny: AS BALADEIRAZ, dessa vez para receber um importante prêmio, não percam!!!!
Enquanto isso, nos bastidores do programa, as bailarinas e ajudantes de palco, lideradas por Flávia, discutem a respeito das constantes aparições das bregastars no programa de seu patrão.
FLÁVIA – Não agüento mais essas órfãs desviando a atenção do meu patrãozinho, mas elas estão com seus dias contados minhas amigas, aliás, dias não, minutos!
Após isso, Flávia liga para uma certa pessoa e combina todos os detalhes do plano com ela.
FLÁVIA – Oh…pare de falar alto, seu velho gasguito!! Já sabe o que tem que fazer né?? Te mandei o vídeo por e-mail! E o seu dinheiro já está na sua conta em PanzePimbland!! Ta ta.!! Pronto meninas, agora é só assistir ao espetáculo.
———————–2 semanas atrás—————————————-
Enquanto as Baladeiraz se apresentam no palco do programa, e na coxia do palco Ênio Carlos conversa com o empresário das Baladeiraz.
ÊNIO – Ei caro amigo, o que você acha de suas meninas serem minhas novas bailarinas?
EMPRESÁRIO – Olha Ênio, prometo avaliar sua proposta, pois estamos estudando uma outra proposta da banda Rapadura Sensual.
ÊNIO – Nossa, mas te garanto que nada ira faltar a essas meninas, darei tudo: casa, comida, roupa lavada e FGTS*!
EMPRESÁRIO – Nossa, tentador Ênio, saiba que você tem 70% de prioridade agora!
Flávia (escondida atrás da cortina da coxia) – FGTS*?? Não é possível, nem isso nós temos!!
—————————-DIAS ATUAIS—————————
No camarim 5 estrelas do programa, as Baladeiraz são acalmadas por seu empresário, pois elas (Milla, Ju e Amanda) estão muito nervosas com esse grande momento de suas carreiras, ainda mais agora sabendo que irão receber o Troféu Stefhanny, que ano passado foi entregue às Inricretes.
Ênio Carlos volta ao palco e começa a narrar a história das Baladeiraz:
– E agora, eu chamo ao palco, elas, três pobres garotas que foram retiradas do orfanato para ter aulas de canto e foram apresentadas ao tecnobrega, e são a revelação desse estilo musical maravilhoso, a partir do qual revolucionaram o mercado fonográfico brasileiro, com o lançamento de seus Cd’s em formatos criativos, como o último CD, intitulado “Baladeiraz Abaladas”, somente com músicas românticas, com composições de Stefhanny e a participação especial das ultimas ganhadoras do Prêmio Stefhany: as Inricretes! Esse cd é todo coberto de pelúcia e já vendeu mais de 5 milhões de cópias. Apresento a vocês a destemida Milla, a meiga Ju e a simpática Amanda para cantar seu novo sucesso e ganhar o Troféu Stefhanny 2009: AS BALAAAADEIRAAAAAZZZZ!!!!!
As Baladeiraz adetram ao palco com grande euforia da platéia, mas, de repente, as luzes vermelhas do palco começam a piscar, e uma intensa fumaça toma conta do palco, e no telão aparece a palavra: BOMBA!!!, seguida da aparição de Nelson Rubens na tela:
– Okay Okay…olá Ênio Carlos…Temos uma revelação bombástica sobre as Baladeiraz!!! Uma bomba, muito, muito, muito, mas muito forte! Querem saber??? Só depois do intervalo e do recado do Juarez!
FLÁVIA (comentando baixo para suas amigas) – Nossa, espero que o disfarce dê certo. Não posso ser reconhecida!
JU (para as Baladeiraz) – Nossa gente, será que é coisa séria?
MILLA – Não Ju, deve ser só uma pegadinha!
AMANDA – Hã?
ÊNIO CARLOS – O que está havendo diretor?? O que é isso??
O Programa volta ao ar e Nelson Rubens prossegue:
– Okay Okay Ênio, tenho uma triste revelação sobre as Baladeiraz…Sabe a capa do ultimo cd delas? “BALADEIRAZ ABALADAS”? Pois é…vocês pensam que o artesanato do Cd é de pelúcia, mas não..É DE PÊLO DE PODDLE, e temos um vídeo mostrando como isso é feito…VEEEEEEEEEEEEEEJA!
No vídeo há uma mulher que se diz da Associoação do Poodles do Brasil se dizendo chocada com a descoberta, que foi feita através de uma suntuosa investigação, na qual foram descobertas que as próprias Baladeiraz arrancavam e matavam os pobres animais por prazer e são mostradas algumas fotos como evidência desse fato.
Ênio Carlos e sua platéia assistem ao vídeo e ficam bestializados com tanta crueldade, Flávia faz uma cara de satisfação ao ver as Baladeiraz chocadas com a revelação, e o vídeo cessa. De repente, uma voz masculina soa no estúdio, se dizendo sargento da polícia e decretando a prisão preventiva das bregastars, mas elas não se encontram mais no palco.
Nos bastidores do programa, as Baladeiraz procuram desesperadamente por seu empresário.
MILLA – Não to achando ele em canto nenhum meninas!!
JULIANA – Estamos ferradas!
MILLA – Aquilo tudo é mentira! Eles não podem fazer isso conosco!
JULIANA – Acho que vem alguém vindo! Vamos fugir!
AMANDA – Hã?
As Baladeiraz correm desesperadas pelos estúdios da emissora, tentando fugir dos guardas, até que chegam no estacionamento. Lá, elas tentam se esconder entre os carros, mas os guardas as avistam e correm atrás delas. As meninas acabam não tendo outra saída a não ser adentrar no matagal que fica ao lado de uma estrada, mas Amanda cai no meio do caminho e é pega por um guarda.
MILLA – Ju, eles pegaram a Amanda!
JU – Minha nossa, mas vamos continuar, imagine o que eles fazem com pessoas que matam poddles!!! Não podemos ser pegas!
Milla e Ju adentram na mata sob o sol escaldante e conversam sobre o que houve.
MILLA – Nunca mais seremos as mesmas, o povo não nos perdoará Ju!
JU – É verdade Milla, tenho até medo de andar em público agora.
MILLA – Temos que nos esconder, nos disfarçar, não sei, uma acusação do Nelson Rubens nunca é desmentida. Acho que já sei quem pode me ajudar!
JU – E quanto a mim?
MILLA – Te vira porra!
JU – Sua vaca, sabia que não podia contar com vocÊ! Quem sabe não é você mesmo naquelas fotos, afinal, sabemos que você que matou a Nina, a poddle da Amanda não é?
MILLA – Cale sua boca sua vadia!
Milla e Ju saem no tapa em plena caatinga e acabam parando na beira da estrada, até que um caminhoneiro para seu veículo perto delas:
– Ei suas cabrita, parem de brigar!!! Vocês estão muito sujas, precisam de um bom bâin de cacimba!!! Se quiserem posso levá-las comigo á minha terra: PANZEPIMBLAND! Lá eu e minha cabritona podemos cuidar de vocÊS!
MILLA E JU – ONDE?
MILLA – Sai pra lá seu velho bruto, eu nem sei quem é você!
– Eu sou Carlitos, o caminhoneiro mais macho de PanzePimbland!!! E abaixe sua voz, sua cabrita!!
MILLA – Como?
JU – Cale a boca Milla, eu vou com o senhor, nunca ouvi falar nesse lugar e acho que lá vo preservar minha identidade, posso ir?
CARLITOS – Sobe porra!
MILLA (para Ju) – Desculpe amiga, eu acho que fiquei um pouco estressada, é triste esse momento, sempre vivemos juntas! Boa sorte na sua nova vida!
À essa altura, Ju e Carlitos, que puxou sua passageira do carro e fechou a porta na cara de Milla já ganhavam a estrada para PanzePimbland.
MILLA (gritando) – Vá com … [Um Crossfox atropela Milla antes que ela complete a frase.]
To be continued…’-‘

*piadas internas:
– FGTS = FODA GARANTIDA TODA SEMANA.

23 maio



poética

18 mar

nhaaae galerinha do panz&pimba! o blog mais temdemssya da internet toda!

começando a me meter no meio disso tbm e pra entrar com o pé direito vou mostrar uma obra-prima proceis ok?

“A Rosa do Cume

No alto daquele cume
Eu plantei uma roseira.
O mato no cume cresce,
A rosa no cume cheira.
Na hora crepuscular,
Tudo no cume aparece:
Vaga-lumes no cume brilham,
Cobra no cume padece.
Quando cai a chuva fina,
Salpicos no cume caem.
Lagartos no cume entram,
Abelhas do cume saem.
Mas depois que a chuva cessa,
Ao cume volta a alegria.
Voltando a brilhar depressa
O sol que no cume ardia.
No cume da minha serra
Eu plantei uma roseira
Quanto mais as rosas brotam
Tanto mais o cume cheira.
À tarde, quando o sol-posto
O vento do cume adeja
Vem travessa borboleta
E as rosas do cume beija.
Mas se as águas vêm correndo
E o sujo do cume limpam,
Os botões do cume abrem
E as rosas do cume brincam.
Tenho por certeza agora
Que no temo de tal rega
Arbusto por mais mimoso
Plantado do cume pega.
Vem porém o sol ardente
Seca logo a catadupa
O mesmo sol a terra abrasa
E as águas do cume chupa.
A rosa do cume fica
No mais alto da montanha
A rosa do cume pica
A rosa do cume arranha.
As rosas do cume espreitam
Entre folhagens d’além
Trazidos na fresca brisa
Os cheiros do cume vêm.
No cume duma montanha
Tenho um olho d’agua à beira
È uma água tão cheirosa
Que a multidão ansiosa

O olho do cume cheira”. (Autor Desconhecido)

e so pra ficarem na expectativa, aí vão o tão esperado folder da nossa futura novela! aguardem….fortes emoções esperam por você! até mais pessoas. cambio ausente