Arquivo | julho, 2009

Um dia gozado :P

31 jul

Pedrinho Pimpão, mais axaponado do que nunca, aqui pra fazer uma postagem rapidinha

Me introduzo nesse antro de safadeza moderada pra pôr pra fora uma congratulação pras pessoas que se abrem nesse blog gozado! ^^

No dia de hoje, um sentido muito interessante foi enfiado.

Nesse dia 31 de julho, pessoa guerreira, que gosta de estar por cima, eu vos desejo um…

FELIZ DIA DO ORGASMO! \o/

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Enfim, era só isso mesmo ‘-‘

BeijosmeliguemeAmanda,vocêéapessoaqueeumaisamonomundo!

*Câmbio e dirligo*

E o Diploma?

29 jul

Andando por esses blogs da vida, vi um enquete que perguntava: QUAL O MELHOR JORNALISTA SEM DIPLOMA DA TV?

Monique Evans é a prova de que o jornalista não precisa de um diploma para brilhar na televisão brasileira. A titia foi a grande vencedora da pesquisa, com 50% dos votos, deixando para trás Zé do Caixão (33%) e o ex-BBB Diego Alemão (16%).

Repórter do TV Fama, já fez parte de várias fantasias erótico-juvenis dos adolescentes dos anos 80. Hoje atua como uma conceituada jornalista na conceituada RedeTV!. No vídeo, titia faz uma reportagem (digna de receber um Prêmio Esso) sobre o concurso Mister Gay. Ela faz perguntas instigantes, como “alguma mulher já pôs a mão no seu cofrinho?”.

Será que esse cara vai fazer o mesmo no Palmeiras?

Umó menage

29 jul

Pedrinho Petit Lapin, completamente enamorado por sua pequena, está aqui pra postar um textículo ^^

Seguinte, eu e minha pequena somos fãs de um carinha chamado Luís Fernando Veríssimo
Quem já leu, sabe quie o cara é o que há na literatura humorística nacional!
Simplesmente acho ele o cara mais foda, dos fodas que tem no meio dos fodas da literatura nacional prontofalei/

E venho trazer a vocês um texto de um dos personagens mais fodásticos dele: Mort, Ed Mort. Está na plaqueta!

Ed Mort é uma paródia dos detetives norte-americanos e recebe sua clientela em um escri (isso mesmo, um escri) no Rio de Janeito, dividindo o ambiente com 17 baratas e um rato albino chamado Voltaire

Enfim, espero que curtam um dos inúmeros casos solucionados por esse grande detetive…

(Usar a mesma cor que Davi usou na última postagem, hehe ^^)

Ed Mort vai longe

Mort. Ed Mort. Detetive particular. É o que está escrito na plaqueta. Meu escritório fica numa galeria de Copacabana. Entre um fotógrafo que anuncia “Fazemos os maiores 3 x 4 da praça” e uma escola de cabeleireiros. Lugar perigoso. Aqui ninguém diz mais “Isto é um assalto”. Diz “É outro”. O número de baratas na minha sala aumentou. Deve ser o êxodo rural. Elas agora me proibiram de entrar na sala. Fico ao lado de fora para interceptar a clientela. Fui assaltado cinco vezes em vinte minutos. Sempre pela mesma pessoa. Toninho “Mau Fisionomista” Aguiar. No fim ele me marcou com um “x” na testa para não se enganar mais. Com canivete. Mort. Ed Mort. Está na plaqueta.
Eu estava lendo meu jornal favorito ― o JB de 22 de dezembro de 1976 ― encostado na porta, quando a avistei. Custei a acreditar que aquilo que ela estava fazendo com o corpo se chamava caminhar. Tinha os seios como eu gosto, um de cada lado. Os cabelos soltos ondulavam ao vento. O que era estranho, porque não estava ventando. Boca carnuda, e a carne era de primeira. Vinha na minha direção. Despi-a, lentamente, com os olhos. Estava tendo um pouco de dificuldade com o feixe do sutiã quando ela parou na minha frente. Exclamou:
― É você!
Com a surpresa, atirei a cabeça para trás e quebrei a plaqueta. Depois, recuperei minha presença de espírito. Com alguma astúcia, respondi:
― Depende.
― Disseram-me que ele teria uma marca na testa. Então era isso.
― Ele quem?
― Você não sabe quem você é?
― Não sei se eu sou quem você pensa que eu penso que você pensa que que eu sou.
― Isso não faz sentido.
― Eu não escrevo os diálogos, boneca. Só estou no mundo pelo cachê. O que é que uma moça como você faz numa galeria como esta, além de tirar a minha respiração?
― Estou procurando um detetive particular. Mort. Ed Mort.
― Um bacana? Sorri para o lado? Alguma coisa do Alain Delon depois de um tratamento com hormônios? Duro, mas sentimental e algo filosófico?
― Não sei. Não o conheço.
― Deve ser ele. Não está. Vamos tomar um drinque!
Ela começou a recusar, mas olhou para o “x” na minha testa e resolveu me seguir. Fomos até a lanchonete onde, um mês antes, um fiscal da Saúde Pública provara um ovo duro e caíra morto sobre o balcão. O fiscal continuava lá. O cheiro da fritura disfarçava o cheiro do cadáver. Isso não era problema. Mas o fiscal e Toninho “Mau Fisionomista” Aguiar ocupavam as duas únicas banquetas vagas. Toninho levantou-se, cavalheirescamente, para assaltar minha acompanhante mas eu fiz sinal que ela estava comigo e ele sentou outra vez. Ela pediu um Alexander e eu pedi um Martini doce, para impressionar. O português nos serviu dois lisos de uma garrafa com uma cobra dentro. Mort. Ed Mort. Estava na plaqueta.
Ela me contou sua história. Igual a muitas outras. O marido desaparecera. Ela procurara ajuda com a líder da sua seita.
― Seita?
― A Nova Igreja do Jesus Baiano.
― Continue.
― Nós dois pertencemos a mesma seita. Outro dia, ele foi ter uma entrevista particular com a nossa líder. Nunca mais o vi.
― Como se chama a líder?
― Gioconda, a Sereia do Inamps.
― Nome estranho.
― Ela era funcionária do Inamps. Um dia teve uma visão. Pulou o balcão e saiu correndo do posto. Disse que recebera ordens do alto para esperar a chegada do Jesus Baiano. A fila foi atrás dela e fundaram a seita. Passam o dia inteiro na rodoviária, cuidando da chegada dos ônibus do Norte.
― Por que seu marido foi se entrevistar com ela?
― Logo depois que entramos para a seita ele recebeu uma herança enorme. Uma fortuna. Achou que era um sinal. Foi falar com ela.
― Depois que ele desapareceu, você a procurou?
― Procurei. Ela disse que não sabia de nada. Aí fechou os olhos e teve uma visão. Me mandou procurar pela cidade um homem com uma cruz na testa. Disse que ele me levaria ao meu marido. Não encontrei ninguém com uma cruz na testa e aí vi o seu anúncio no jornal. Mort. Ed Mort. Detetive particular.
― Estava na plaqueta. E então você me viu com uma cruz na testa…
― Você é o homem que a nossa líder falou?
O bar do português é o único lugar da galeria que não tem ratos. Estão em greve contra a má qualidade da comida. Tomei um gole de cachaça para pensar. O estômago quis devolver a cachaça mas o esôfago se recusou a dar passagem de volta. Onde é que eu estava me metendo? Mas não podia recusar nada àquele anjo. Devia ter desconfiado quando ela tomou a cachaça de um gole só e ainda se lambeu. Falei:
― Sou o homem que você procurava. Siga-me.
Fomos até a rodoviária. A Nova Igreja do Jesus Baiano estava reunida em torno da sua líder. Minha cliente tinha me contado que todos eram obrigados a dar dinheiro à líder para entregar ao Jesus Baiano quando ele desembarcasse do ônibus. Saltei no meio do grupo e gritei: “Cheguei!”.
― Quem é você? ― perguntou a Sereia do Inamps, desconfiada.
― Sou o Jesus Baiano! Cheguei de avião.
Todos se prostraram no chão. A Sereia do Inamps me puxou para um lado e quis saber: “Qualé?” Propus um acordo. Eu não estragaria o seu pequeno negócio se ela devolvesse o marido da minha cliente. Intacto, sem nem um cruzeiro a menos. Ela pensou um pouco e depois concordou. Deu um endereço onde ele poderia ser encontrado. Na certa de robe-de-chambre e aparando as unhas, o safado. Levei minha cliente lá, depois de anunciar à seita que tinha havido um engano. O verdadeiro Jesus Baiano chegaria pelo ônibus noturno.
Marido e mulher se reencontraram. Ele se explicou e ela o perdoou. Só não perdoou a mim por ter-me feito passar por outro. Não quis me pagar e ainda ameaçou me bater. Estou de volta na galeria. As baratas não deixam eu entrar na minha sala. Alguém chegou por trás e me encostou uma faca nas costas.
― Passa toda a grana.
― Sou eu, Toninho! Mort. Ed Mort. Onde diabo está a plaqueta?

Enfim, é isso ^^

Me despeço ;D

BeijosmeliguemeAmanda,todootempodomundoépoucopratedarcarinho’-‘

*Câmbio e dirligo*

Malabarismo escrooooto. o/

28 jul

Fala galerinha do mal! o/

Gostei desse negócio de postar coisas no blog, oh. Enquanto tiverem coisinhas interessantes na net, nosso querido Panz e PimBlog vai prosperar. 😉

Faz tempo que eu vi esse vídeo rolando no tube. Muitos de vocês, inclusive, devem ter visto, também. Mas tipo, é aquela coisa…não me canso de ver, oh.

Primeiro pq adoro malabarismos. Segundo, pq o cara é fera! Terceiro, pq ele alia música a arte circense! Enfim…assistam. Pra quem não viu, fikdik. Pra quem já viu, se quiser dipor um pouco do seu tempo pra apreciar algo tão sublime, fique a vontade.

É isso, negada! Sei fazer essas postagens morta de enormes não…ao menos não ainda… 😛
Quero contribuir aqui com o Panz e Pimba, de um jeito ou de outro. O que vale é a ideia. 😀
No mais, boa noite ae pra todo mundo! A gente se vê, no mais tardar, próxima segunda. 😀

Beijo!
[E ei, Pedro, posso te imitar? Amoreuteamo! *-* (mesmo que ce não acesse o blog e tal. ‘-‘)]

Flw!

This is madness O.O

27 jul

Pedro Pimpão, eternamente apaixonado, adentrando mais uma vez velozmente nesse antro de sapiência.

Mais rápido que cópula de mamíferos lagomorfos da família dos leporídeos.

Vindo aqui só pra deixar um vídeo serelepe e tosco pra caralho que há zanos vi pelas paradas do Youtube ^^ (A incorporação tá problemática, mas é só clicar no link que está debaixo da imagem que você será educadamente redirecionado à página do Youtube ^^)

Ficaí a minha dica! ^^

BeijosmeliguemeAmanda,queropassartodososdiasdaminhavidacontigo^^

*Câmbio e dirligo! RAÚ RAÚ RAÚ!*

PANZ&PIMBOLA

27 jul

Er… sou eu… Kleber ou é Alan. Meu Deus! Que crise de identidade! Enquanto a maioria dos panz&pimbeiros estão ocupados com o ENECOM, venho fazer minha primeira postagem neste digníssimo blog. O tema abordado tinha que ser futebol, esporte pelo qual sou alucinado.

Sem mais delonga,vê o vídeo aí que reúne os bastidores da apresentação de Cristiano Ronaldo pelo Real Madrid(conversas que não foram amplamente divulgadas),tem também moda no futebol e os desabafos de Ronaldo.

Um pouco sobre basquete

27 jul

Err…é aqui que é aqui?
Sou novo nesse mundo de postagens do panz e pimba, dai resolvi fazer um breve teste só pra saber se vai dar certo. Enfim…bora veer. =D

É de conhecimento de alguns o meu apreço por um esporte bastante difundido nos states, o Basquete. Lá, tem muito nego que joga pra caralho! Que o diga quem tá na NBA, a National Basketball Association, onde dizem estar os melhores jogadores do mundo.

Bem…isso é fato meeesmo! Mas tem muito nego bom que não joga na NBA. Os caras atuam no bom e velho Street Ball, ou Basquete de Rua.

Deixando, então, de enrolações e partindo pro tal post propriamente dito, ai vai um vídeo dum moleque véi branquelo, baixinho, que ninguém dá nada por ele, a primeira vista.

A primeira vista. 😉

Danado, o menino. 😛

Enfim, é isso, caros colegas…
Espero que, pra primeiro post, tenha sido pelo menos, interessante…. [?]
Ah, vai…domingo a noite, nada na televisão de bom pra assistir… Vamos acessar o Panz&PimBlog!!!!!!

Beijomeligagalera![apesar deu nao ter mais o número de ninguém e tal…]